Sistema de Revisão Periódica de Estoques

Sumário

Sistemas de Revisão Periódica
Revisão Periódica x Revisão Contínua
Determinação do Intervalo entre Pedidos
Determinação do Estoque Alvo
Determinação do Tamanho do Pedido
Estoque de Segurança
Considerações Finais
Download de Arquivos

Além das explicações feitas neste artigo, você pode assistir ao vídeo abaixo para entender melhor os conceitos e visualizar a resolução do exemplo.

Sistemas de Revisão Periódica

Os dois principais sistemas de revisão de estoques são o (i) sistema de revisão contínua e (ii) o sistema de revisão periódica. Neste artigo vou explicar como funciona o sistema de revisão periódica para controle de estoques. Se você quiser saber mais sobre a revisão contínua, leia este artigo.

A principal característica do sistema de revisão periódica de estoques é que os níveis de estoque são verificados em intervalos regulares de tempo. Ao fazer essa verificação, o tamanho do pedido de compras é definido visando atingir um determinado nível que vamos chamar de estoque alvo.

Para facilitar o entendimento, imagine a seguinte situação: em um supermercado, o nível de estoque de achocolatado em pó é verificado a cada 15 dias e um pedido é feito usando como referência um estoque alvo de 200 unidades. Considerando que o fornecedor demora 3 dias para entregar um pedido, podemos ver na figura abaixo como o estoque se comportará:

Sistema de Revisão Periódica - Ilustração

O estoque do produto (linha verde) vai sendo consumido e no Dia 15 é feita uma medição do nível de estoque. Esse valor é usado para determinar o tamanho do pedido de compra para esse período, representado por Q1. Após isso, o estoque continua sendo consumido até que no Dia 18 o pedido de Q1 unidades é entregue, fazendo com que o nível de estoque se eleve novamente. Como o intervalo de ressuprimento é fixo e igual a 15 dias (T=15), a próxima verificação do nível de estoque ocorrerá no Dia 30, com um pedido de tamanho Q2 e recebimento do pedido no Dia 33.

Quando estamos projetando um sistema de revisão periódica, três questões precisam ser respondidas: (a) qual deve ser o nível alvo de estoque? (b) qual deve ser o intervalo de ressuprimento? (c) como definir o tamanho do pedido de compra?

Revisão Periódica x Revisão Contínua

A característica mais importante do sistema de revisão periódica de estoques é que o intervalo T é sempre constante. Como consequência disso, os tamanhos dos pedidos variarão a cada ciclo de ressuprimento. A principal vantagem da revisão periódica é baixa frequência das revisões do nível de estoque. Se compararmos com os sistemas de revisão contínua, nos quais temos que acompanhar os níveis de estoque quase que em tempo real, veremos que a revisão periódica é mais simples e requer menores esforços com o controle de estoques. A tabela abaixo sintetiza as diferenças entre os dois sistemas de revisão de estoques.

Sistema de Revisão Periódica - Comparação

O sistema de revisão periódica é conhecido como um modelo com intervalos fixos e quantidades de compra variáveis, ao passo que o sistema de revisão contínua é conhecido como um modelo com intervalos variáveis e quantidades de compras fixas.

Determinação do Intervalo entre Pedidos

A partir de agora vamos usar outro exemplo mais completo para explicar o funcionamento do sistema de revisão periódica. A demanda por latas de óleo de soja em um supermercado é de 20 unidades por dia em média. O custo unitário desse produto é de R$ 4,00 e o fornecedor entrega o pedido com um prazo de 3 dias. Os custos de pedido são de R$ 50,00 e os custos de manutenção de estoque são de 30% ao ano. Além disso, a empresa deseja manter um estoque de segurança equivalente a 5 dias da demanda média.

O primeiro passo para determinar o intervalo ideal de ressuprimento é calcular o lote econômico de compras (LEC). Como a demanda média diária é de 20 unidades, a demanda anual será, em média, de 7.300 unidades. Assim, o LEC será igual a 779,957 unidades.

SRP - Figura 3

Como o LEC é o tamanho ideal do lote de compras, se dividirmos LEC pela demanda anual (D), teremos o intervalo ideal (I) entre pedidos:

SRP - Figura 4

Como a demanda utilizada no cálculo acima é anual, então o intervalo entre pedidos é de 0,1068 anos. Podemos multiplicar esse resultado por 365 para saber que 0,1068 anos correspondem a aproximadamente 39 dias. Logo, o intervalo ideal entre pedidos deve ser de 39 dias.

Determinação do Estoque Alvo

O nível de estoque alvo deve ser capaz de atender a toda a demanda durante o intervalo de verificação de estoque e o tempo de espera até o pedido chegar. Em nosso exemplo, o estoque deve ser capaz de suportar a demanda ao longo de 39 + 3 = 42 dias. Como a demanda média diária é de 20 unidades, então podemos afirmar que o estoque alvo deve ser de, ao menos 840 unidades.

Mas ainda falta considerar o estoque de segurança. Como a demanda pode variar a cada dia, essa variação pode fazer com que a demanda durante o intervalo de reposição seja maior que 840 unidades. É por isso que precisamos de um estoque de segurança. Continuando o exemplo, a empresa quer manter um estoque de segurança (ES) equivalente a 5 dias, ou seja, de 100 unidades. Isso fará com que nosso estoque alvo seja de 840 + 100 = 940 unidades.

De forma geral, utilizamos a fórmula a seguir para calcular o nível de estoque alvo:

SRP - Figura 5

Nessa fórmula, D é a demanda média por período, T é o intervalo de reposição, L é o lead-time do fornecedor e ES é o estoque de segurança. Portanto, em nosso exemplo temos:

SRP - Figura 6

Determinação do Tamanho do Pedido

Falta agora determinarmos qual deve ser o tamanho do pedido. Como vimos anteriormente, se usarmos o sistema de revisão periódica, o tamanho do pedido (Q) será diferente em cada ciclo. Para determinar o valor Q em cada ciclo, podemos usar a seguinte fórmula:

SRP - Figura 7

Portanto, o tamanho do pedido é a diferença entre o estoque alvo e o nível de estoque observado. Retornando ao nosso exemplo, imagine que no Dia 39 seja feita a verificação do estoque, observando um nível de estoque igual a 350 unidades. Isso significa que um pedido de 590 unidades deve ser feito ao fornecedor.

SRP - Figura 8

Estoque de Segurança

No exemplo anterior calculamos o estoque de segurança como uma quantidade de dias de demanda. A empresa queria manter um estoque equivalente a 5 dias, ou seja, de 100 unidades.

Mas essa não é a única abordagem para definir estoques de segurança. E se quiséssemos usar a abordagem estatística que garante um nível de serviço desejado? Leia mais sobre esse assunto clicando aqui. A fórmula a seguir pode ser usada para estimar o estoque de segurança:

SRP - Figura 9

Para usar essa abordagem, precisamos saber o desvio padrão da demanda diária. Suponha que o desvio padrão seja igual a 8  e que a empresa queira um nível de serviço de 99%. Logo, o valor Z referente a esse nível de serviço é 2,326 e o estoque de segurança será igual a:

SRP - Figura 10

Logo, devemos manter um estoque de 121 unidades para garantirmos um nível de disponibilidade de estoque de 99% usando revisão periódica. Perceba que usar um estoque equivalente a 5 dias não é suficiente para manter esse nível de serviço. Se quisermos um nível de disponibilidade de 99%, temos que utilizar um estoque alvo de 961 unidades.

SRP - Figura 11

Considerações Finais

O sistema de revisão periódica de estoques é muito utilizado por várias empresas devido a sua simplicidade, em especial porque o acompanhamento dos níveis de estoque requer pouco esforço por parte da empresa, reduzindo os custos com controle de estoques.

Como os custos com a revisão contínua são mais altos que os custos com a revisão periódica, algumas empresas utilizam uma combinação desses métodos. Itens Classe A ou que tem uma demanda muito incerta são controlados usando a abordagem contínua. Itens de baixa demanda ou com demanda de fácil previsão podem ser controlados usando a abordagem periódica.

Uma desvantagem do sistema de revisão periódica é que ele tem níveis de estoque de segurança mais elevados, pois é necessário cobrir a incerteza durante todo o intervalo entre revisões do estoque junto com o tempo de espera pela entrega. Na revisão contínua, o estoque de segurança precisa cobrir apenas o período de espera pela entrega.

Download de Arquivos

[XLSX] Dados do exemplo resolvido

Siga nosso blog e curta nossa página!

One thought on “Sistema de Revisão Periódica de Estoques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *